O assassinato em Foz do Iguaçu e o sinal vermelho nas eleições 2022; ouça comentário de Ricardo Hermany

O assassinato do guarda municipal e dirigente municipal do PT Marcelo Aloizio de Arruda, durante a comemoração no sábado, dia 9, dos seus 50 anos em Foz do Iguaçu (PR), em festa com a temática do candidato Lula, ensejou manifestação do jurista Ricardo Hermany em seu comentário semanal.  O homem foi morto a tiros pelo pelo policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho, que se declara apoiador do presidente Jair Bolsolnaro.

O advogado e professor universitário defendeu um pacto pela democracia. “É preciso que de uma vez por todas as lideranças políticas façam um pacto pela paz e pela democracia. É preciso que as campanhas políticas mais bem posicionadas nesse pleito, em especial do atual presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Lula, que se unam no sentido de buscar paz nas eleições. Debate firme sim, divergências de ideias sim, agressão física jamais”.

Acompanhe em áudio na íntegra o comentário e análise do jurista Ricardo Hermany.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts