“Onde foi parar o jeito de ser Assoeva?”, analisa Carlos Roberto de Oliveira

“Desde a derrota para o Corinthians, em casa, por 6 a 1, pela décima terceira rodada pela Liga, passei a semana me perguntando: onde foi parar o jeito de ser Assoeva? Aquela Assoeva intrépida, veloz e de grande capacidade de reação nos momentos cruciais dentro de uma partida de futsal”, questiona o jornalista e narrador esportivo Carlos Roberto de Oliveira já no inicio de seu comentário. Ouça a fala dele na íntegra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts