“As pessoas agem como que se a cor da pele fosse uma determinante de caráter”; acompanhe reflexão de Cristian Oliveira da Conceição

A partir de três casos recentes de racismo, gerados em um restaurante, em um estádio de futebol e em uma biblioteca, o professor Cristian Oliveira da Conceição reflete e faz breves apontamentos. Ele cita que biologicamente falando o termo raça nem existe, no entanto “tanta gente foi escravizada, odiada, linchada ou privada de direitos fundamentais, simplesmente pela cor de sua pele”.

Cristian destaca ainda que a luta está em “construir conhecimentos que sejam realmente pertinentes e que sejam embasados pelo contexto de mundo, pelo global que o mundo representa, pelo multidimensional – que são saberes – e pelo complexo – que é a necessidade – e aí sim nossas vidas talvez sejam melhores e bem mais simples”.

Cristian Oliveira da Conceição fala dentro do programa Folha 105, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts