São Paulo denuncia ato de racismo no jogo contra o Guarani

Uma denúncia de ofensas racistas, contra um jogador do São Paulo, foi registrada no final do segundo tempo do jogo ocorrido ontem à noite, no Estádio Edmundo Feix, entre o Guarani de Venâncio Aires e São Paulo, de Rio Grande.

A partida foi válida pela terceira rodada do primeiro turno da Divisão de Acesso 2022.
Nesta quinta-feira, 21, os dois clubes divulgaram notas oficiais sobre o ocorrido, nas redes sociais. O Sport Club São Paulo lamenta as ofensas racistas sofridas pelo lateral Júlio Cesar.

O clube afirma que a agressão verbal, por parte de um torcedor do Guarani, foi registrada na súmula da partida e realizado boletim de ocorrência, após o jogo. Na nota emitida, o clube declara que “o agressor foi identificado e a diretoria do EC Guarani prontificou-se em auxiliar na condução do caso”.

Em nota, o Esporte Clube Guarani afirma que o ocorrido está sendo apurado e que “caso houver a comprovação da culpa de algum torcedor, serão tomadas medidas cabíveis para com o identificado como agressor e causador da violência contra o atleta adversário”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts