Projeto ‘Sine na Escola’ inicia na próxima semana

Estudantes do Ensino Médio são público alvo do projeto ‘Sine na Escola’, que começa a ser realizado na próxima semana, em Venâncio Aires. De acordo com o coordenador da agência na Capital do Chimarrão, Cristiano Kaufmann, a ideia é levar a estes jovens que estão na fase da escolha profissional, assuntos relacionados ao mercado de trabalho e orientações que possam contribuir com essa fase. Na didática de desenvolvimento do projeto, segundo ele, estão promoção de encontros da equipe da agência nas escolas e ainda distribuição do “Manual do 1º Emprego”, um material impresso, elaborado pelo Sine do município, com orientações e dicas, entre ela, para elaboração de currículo e entrevistas de emprego.

A primeira escola a receber o projeto é a escola Estadual Crescer, do bairro Coronel Brito, que vai reunir turmas do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na terça-feira, 5, respectivamente nos turnos da manhã e noite. Ainda em julho, no dia 19, o Sine vai até a escola Mariante para trabalhar com turmas da manhã e tarde. “Falar sobre mercado de trabalho a adolescentes e jovens que estão no processo de escolha da profissão, seja para se matricular em cursos técnicos, na faculdade ou que estejam em busca do seu primeiro emprego vem ao encontro das necessidades que o município e empresas encontram na hora de buscar profissionais capacitados, para preencherem as vagas de emprego disponíveis”, justifica Kaufmann.

Segundo ele, as escolas que quiserem promover a programação com suas turmas de Ensino Médio devem fazer contato com a agência do Sine de Venâncio Aires, através do telefone que também funciona como aplicativo de Whatsapp pelo número 2183 0742, ou presencialmente na esquina das ruas Osvaldo Aranha, 1004. “Escutar ou trocar uma ideia com os pais ou pessoas mais experientes contribui na hora de tomar a melhor decisão. O mercado de trabalho vem se adaptando a realidade e muitas profissões surgiram a partir das necessidades que foram criadas ao longo do tempo”, destaca Kaufmann. (Fonte: AI Prefeitura)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts