Projeto cultural usa teatro para dialogar com jovens sobre sustentabilidade

Quando se fala sobre a poluição da água, o plástico aparece como um dos principais vilões. Não é por acaso: segundo relatório publicado pela WWF (Fundo Mundial para a Natureza) em 2019, 10 milhões de toneladas de plástico vão para os oceanos todos os anos. O número equivale a 23 mil aviões Boeing 747 ao ano, ou mais de 60 por dia, segundo a comparação feita pelo estudo. Nesse ritmo, até 2030, será encontrado o equivalente a 26 mil garrafas de plástico no mar por quilômetro quadrado.

Os aglomerados de plásticos nos oceanos, chamados de ilhas de plástico, já são uma realidade enfrentada pelo nosso planeta. E na peça teatral Reciclamundo, são utilizados como o cenário da história. A ficção ocorre num período pós-apocalíptico, no qual todo o planeta foi encoberto pelos oceanos, onde as ilhas de plástico são a única forma de “terra firme”.

Na trama, os dois últimos sobreviventes, acompanhados de um robô-humanoide-dançarino-multifunções, dialogam com o público sobre a urgência das mudanças de hábitos. “As pessoas até sabem, mas fazem muito pouco para que a nossa realidade melhore consideravelmente! […] Nem o lixo acondicionam de forma correta: uma coisa tão básica! Consomem de um tudo de forma completamente desordenada, sem pensar da onde partiu cada coisa que adquirem!”, exclama um dos personagens durante o espetáculo.

A primeira apresentação ocorre nesta sexta-feira, 13 de maio, às 14 horas, no lonão da 16ª Fenachim, em Venâncio Aires (RS). A peça terá intérprete de Libras e ocorrerá em um local acessível para pessoas com deficiências físicas ou mobilidade reduzida. Mais 49 municípios, nos três estados da região Sul, recebem a iniciativa até o fim do ano.

O projeto tem apoio e está alinhado à estratégia de ESG de redução de impactos negativos no meio ambiente e suporte às comunidades da Alliance One e da China Brasil Tabacos, empresas com matriz em Venâncio Aires. Com a intenção de dialogar com o público infantojuvenil, que está em processo de desenvolvimento e construção de conhecimentos, visa compartilhar informações sobre consumo responsável, sustentabilidade e transformação de materiais.

“Com atenção especial para a contaminação das águas com o plástico, priorizamos a participação de jovens, trabalhando a conscientização e o consumo responsável, para preparar estas gerações do amanhã com foco em um mundo mais sustentável”, salienta a gerente de Assuntos Corporativos da Alliance One, Deise Kanitz.

Escrito e interpretado pela companhia de teatro Armazém, Cultura e Entretenimento, o projeto é elaborado pela d.marin, produtora cultural de Passo Fundo. Além da Alliance One da China Brasil Tabacos, conta com patrocínio da Unifertil, através da Lei de Incentivo à Cultura – Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Pátria Amada Brasil – Governo Federal.

Confira a lista de municípios contemplados com o Reciclamundo:

Rio Grande do Sul: Agudo, Alpestre, Amaral Ferrador, Arroio do Tigre, Barros Cassal, Boqueirão do Leão, Camaquã, Candelária, Chuvisca, David Canabarro, Dom Feliciano, Gramado Xavier, Jaguari, Pelotas, Pinhal Grande, Progresso, Santa Cruz do Sul, São Francisco de Assis, São Lourenço do Sul, Segredo, Sinimbu, Tunas, Vale do Sol, Venâncio Aires e Vera Cruz.

Santa Catarina: Araranguá, Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Grão Pará, Içara, Irineópolis, Itaiópolis, Mafra, Mondaí, Orleans, Palmitos, Papanduva, Santa Terezinha, São João do Sul e Turvo.

Paraná: Cruz Machado, Imbituva, Irati, Mallet, Paulo Frontin, Prudentópolis, Quitandinha, Rebouças, Rio Azul e São João do Triunfo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Podcasts